domingo, 18 de janeiro de 2009

SOLIDÃO




A solidão procurada
A solidão consentida
A solidão imposta
E aberta como ferida
A solidão com tantos
A solidão sem ninguém
A solidão companhia
Para o mal ou para o bem
A solidão que estimula
A solidão que amofina
A solidão construção
A solidão só ruína.


Valter da Rosa Borges

13 comentários:

Bill Stein Husenbar disse...

A solidão serve para o bem e para o mal. Sentimento de duas faces...

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

Pelos caminhos da vida. disse...

As vezes ela é necessária.

Gostei do visual do blog, o outro tb era lindo.

Boa noite amiga.

beijooo.

[ rod ] disse...

Quem nunca a viveu... não sabe as glórias que delas aprendemos...

Bjs moça,









Novo Dogma:
faTos...


dogMas...
dos atos, fatos e mitos...

http://do-gmas.blogspot.com/

João Reis disse...

Faz parte de nós. Solidão.
Optima semana para ti.

Anastácio Soberbo disse...

Olá Neide
Ai solidão, solidão...

"Sombra da tua sombra, doce e calma,
És a quimera da minha alma,
E, sem viver, ando a viver contigo"

Amiga, reforço o desejo para que tenha uma boa semana.
Beijinhos

tossan disse...

Antes só do que...
Melhor do que ser luz,
é saber iluminar caminhos...o seu. Bj

Violeta, disse...

Oi, Neide, sou novata por aqui e andei pescando uns blogs e me deparei com muitos como o seu, charmoso, criativo e muito bem elaborado. Sempre achei as poesias uma pérola incandescente e por intermédio de muitos que vi por aqui acho que nunca me enganei, que o meu conceito sempre foi verdadeiro. Vi blogs através do Sr. Anastácio, e gostei muito do seu. Espero fazer muitos amigos através desta querida comunidade da globosfera. E sobre a solidão acho que ela é a sorte de todos os espíritos excepcionais. Espero vê-la no meu cantinho. Abraço pra ti.

wander will disse...

Neidinha, meu anjo bom, essa foto que colocaste da Assembléia Legislativa está magnífica. Como nossa cidade é linda, não? Olha, preciso muito falar contigo. Podia deixar o recado com Wellington, mas como ele está viajando, estou deixando por aqui. Já sei que teu celular estás resolvendo na justiça, agora teu convencional o que está acontecendo que ligo, ligo e só dá ocupado, tenho quase certeza que é teu sobrinho Kildere, é bom você averiguar. Nas minhas férias em julho vou fazer um treco desse, digo, esse tal de blog. Liga com urgência, estou precisando falar muito com você. Bjss, bjss e bjss em teu coraçao.

Anastácio Soberbo disse...

Olá Neide
Hum, visual novo? E caiu na tentação de (exterminar) o boné!
Faz muito bem, gostos não se discutem.
Um beijo para a amiga

Avassaladora disse...

Que bom que vc me achou...
Só assim posso te achar tambem...!
Que belos poemas tens por aqui!
Que lin do Blog o seu!
Parabéns!
Já estas entre meu favoritos...


Beijos e carinhos

Tatiana disse...

A solidão é uma opção da alma num momento em que precisa ouvir seu próprio interior...ela faz parte da vida!

Pelo menos da minha em alguns instantes...rs

Um beijo para vc!

Suspiros do Silêncio disse...

A solidão... amiga inseparável...

Beijos com carinho.

Carla disse...

assim é a solidão
aterradora, por vezes, necessárias, noutras
beijos