quarta-feira, 8 de julho de 2009

ECLIPSE

DOU-ME LÚCIDA A VOCÊ
COMO O SOL DO MEIO-DIA
MAS ALGO ENTRE NÓS
PERSISTE EM PROVOCAR
ECLIPSE.
Jailson Marroquim

6 comentários:

Ava disse...

Neide, minha querida!

Vc anda com um bom gosto incrível...

Poemas lindo e de uma sensualidade deliciosas... Ftos de extremo bom gosto...rs

Agora,k esse negócio de eclipse.. Moça, é muito bom...rs


São paixões explodindo...


Beijosv e carinhos

Rabiscando disse...

Poucas palavras, mas dizem tudo.

Neide, recebi e te ofereço o Selinho Anjinho da Sorte, espero q aceite.

1 beijo!

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Quem eclipsa quem?

Um beijo!Sonia Regina.

o¤° SORRISO °¤o disse...

Oi Neide.

Simples e sensual esse poema.

Afinal, quem não quer um eclipse em sua vida?
Ainda mais este. UIA!!! Tá quente por aqui. :-)

********



BOA NOITE E BONS SONHOS!!!



♥.·:*¨¨*:·.♥ Beijos mil! :-) ♥.·:*¨¨*:·.♥






http://brincandocomarte.blogspot.com/

___________________________________

O Profeta disse...

Haverá?! Há sempre uma deusa perdida
Nos labirintos da contradição
Há sempre alguém que usa a palavra amor
Soprando doce veneno ao coração
Há sempre alguém que nos diz coisas tontas
Há sempre alguém que afugenta a Saudade
Há sempre alguém que nos marca a ferro frio
Há sempre uma alma ausente da verdade


Boa semana


Doce beijo

Unseen Rajasthan disse...

This is so fantastic !! Thanks for lovely comments on my blog and being my follower..I loved your blog...Unseen Rajasthan