domingo, 21 de junho de 2009

VIDA MAIS OU MENOS



A gente pode, morar numa casa mais ou menos;
Numa rua mais ou menos;
Numa cidade mais ou menos;
Até ter um governo mais ou menos;

A gente pode ,dormir numa cama mais ou menos;
Comer um feijão mais ou menos;
Ter um transporte mais ou menos;

A gente pode, olhar em volta e sentir
que tudo está mais ou menos;
Tudo bem.
A gente não pode mesmo,
nunca de jeito nenhum é;

AMAR mais ou menos;
SONHAR mais ou menos;
SER AMIGO mais ou menos;
NAMORAR mais ou menos;
TER fé mais ou menos;
ACREDITAR mais ou menos;

Se não a gente corre o risco de
se tornar uma pessoa mais ou menos.




Fonte: Autor desconhecido
Esse texto é de sua autoria?
Comunique-nos através do Fale Conosco

17 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

No posta anterior tem selinho pra vc amiga.

beijooo.

Branca disse...

Amar mais ou menos não...temos que amar sempre mais e mais e mais...

Que a semana lhe traga muitas alegrias Neide...bjo.

Anita disse...

Que tudo na tua vida seja brilhante como os raios... porque tu mereces tudo de bom.

Beijinhos.
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

João Reis disse...

Ou se ama ou não. Ou se gosta ou não. Sentimentos mais ou menos são para os indecisos. Parabéns Neide pelo post.
bjinhos

Anita disse...

Abre a janela do teu coração e deixa entrar por ela tudo de mais lindo como:
Amor, paz e amizade!
Enfim tudo o que te venha tornar extremamente feliz!
Pois Deus te deu a vida... E a tua vida tem que ser vivida com muita felicidade!!!

Beijos.
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

Luis Portugal disse...

Olá Neide
Aqui nos nossos portugas há um ditado que diz: "Ou sim ou sopas" o meio termo apenas cria indecisões, mais ou menos...
Eu, pessoalmente, sou apologista do sempre mais e mais mais.
Um Bom dia para a menina.
Beijinhos

Iana disse...

Muita luz...
que alegria ver
pessoas amigas felizes
postando em seu cantinho
maravilhosas postagens...

Um grande beijo
da rosa amiga
Iana!!!

Mustafa Şenalp disse...

Çok güzel site. :)

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Neide, belo texto...Espectacular....
Beijos

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Neide!

Esta beleza de texto é do Chico Xavier!!!!

Mais ou menos,jamais,ou se é inteiro ou não se é nada!!!

Beijos inteiros!!!Sonia Regina.

Estela disse...

Tem um coraçõazinho pra você no "Guardados e Achados".
Bjs.

Estela disse...

Ah!Tem também um selinho no "Faceirice" pra você.
Bjs.

O Profeta disse...

Chegou ao fundo de mim
A melodia da chuva miúda
Lavou-me a alma, a saudade
Nasceu uma planta gerada do nada

Nasceu!
Nascem a todo o instante
Os sentires vindos da alma
Tatuados a cada semblante


Boa semana



Doce beijo

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Neide, belo post...Espectacular....
Beijos

Pena disse...

Linda Amiga:
Nunca serei um ser mais ou menos em relação a si. Não me é indiferente, pela pureza e beleza do seu encanto e majestosa poesia que fascina e dá lições fantásticas.
Obrigado, linda...!
Pela amizade. Pelo fascínio de si e do que é.
Um poema soberbo sem artifícios do ser.
Admirável. Lindo. Terno. Sensual.
Beijinhos amigos respeitadores pelos seus sonhos deliciosos, fantásticos e maravilhosos numa poesia fabulosa.
Qual ficção poética....? AUTENTICIDADE majestosa, deslumbrante e doce.
Brilhante!
Com cordialidade e encanto.
Respeitosamente....

pena

Fabuloso. Notável. Sensível. Um versejar "alucinante" de beleza e pureza do ser. Do amor.
OBRIGADO pela sua amizade. Perdurará eternamente.

Pelos caminhos da vida. disse...

TEM SELINHO LÁ PRA VC.

BEIJOOO.

Indignado disse...

Obrigado amiga pela mensagem e força no meu blog, que deus te abençoe.
Jaí