segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

HOMEM URUBU



Eu vi um homem no lixo
Eu vi o urubu... No luxo

Que prato vai comer o bicho ?
A carne ou o lixo ?
Quem é lixo ?
Quem é carne ?
Quem é o bicho ?

Quem viu adiante o destino
Tendo a frente um futuro nu ?
Terá sido o urubu- homem ?
Ou foi o homem- urubu ?


Obs.: Peço permissão ao autor: Altair Leal, Por ter trocado a palavra " Menino Urubu "
por " Homem Urubu "... Não tive coragem de expor a foto de criança.

13 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Vim agradecer vc amiga por compartilhar do meu niver comigo,obrigada.

Um gde abraço.

beijooo.

Crítica e denúncia disse...

Olha eu aqui querendo saber mais....amei esta poesia, profunda, me tocou, como sua amizade singela também.
Retribuo os votos de boa semana.
Com carinho da amiga
Alda

Izinha disse...

Oi Neide,

vim te desejar uma semana lindinha!

bjos!

poetaeusou . . . disse...

*
belo post,
,
não conheço altair leal,
,
brisas marinhas, deixo,
,
*

Violeta, disse...

Neidinha, voce é uma iluminada por Deus. Este texto mostra a realidade cruel da vida. E como achei lindo o que colocaste no rodapé do texto dizendo o por quê de não colocar crianças nesta tua postagem. Realmente, cenas de crianças no lixão procurando matar a fome mexe muito com o ser humano, principalmente com pessoas sensíveis como nós mulheres. Uma vez li e gravei um texto da poesia de um conceituado poeta que disse: Se algum dia eu tivesse a bomba atômica com prazer eu detonava em Brasília. Passo a mim suas palavras pois faria isto também com o maior prazer.

Beijos, e um abraço bem carinhoso no seu terno e bondoso coração.

tossan disse...

Vc sabe Neide, nós os assalariados comemos a mesma porcaria dos famintos do lixão e dos urubús e não percebemos! Então comece a perceber com as frituras e os produdos industrializados que as vezes somos obrigados a engolir e ainda pagar por isso. Beijo

Vieira Calado disse...

Olá, prima!

Um boa semana para você, também.

Bjs

meus instantes e momentos disse...

ótimo post.(como sempre)
Maurizio

Luis Portugal disse...

Olá Neide
Poema realista que já ocorre em tantos países.A miséria que transforma o ser humano em (bicho).
Amiga, um beijo para você.

Carla disse...

magnífico ...poucas palavras e tanto dizem
beijos

manzas disse...

No castelo
Das expressões,
Estas palavras
Sobrevoam
O mundo inteiro…
Acorrenta e entoam
Paz aos corações
E aqui
Ao lê-las…
Ficarei prisioneiro

Uma semana carregada
De saúde,
Paz…
E muito amor.

O eterno abraço…

-MANZAS-

Izinha disse...

Boa noiteeeeee miguxinha,

uma noite muito especial prá vc!

mil beijinhos....Izinha

Avassaladora disse...

Nos causa horror! Mas é tão comum no dia a dia das grandes cidades!
NÓs é nos fingimos de cegos para não ver!
Nós é que vendamos nossos holhs para não enchergar...
E quando nos deparamos com um texto cortante, nos enverganhamos!!!

Esse é o nosso "pseudo" desenvolvimento!

Vergonhosos!


Parabéns!
Corajosa, de postar algo tão cruel!


Beijos e carinhos